login
marques de aguiar
arquitectura e urbanismo
escritório

2009

Olhão, Portugal

4º prémio no concurso para a \"Requalificação de espaços ribeirinhos, de parques públicos e de percursos pedonais- Parque Ribeirinho de Olhão\", Polis. Desenho urbano e paisagístico articulando as vias distribuidoras e o parque natural através da modelação e integração de equipamentos.
Pilares justapostos de madeira são utilizados de forma diversa definindo o novo enquadramento do Parque, os equipamentos e a modelação do terreno. No limite com as vias distribuidores estes elementos definem barreiras que se transformam, progressivamente, em taludes e em limites de percursos pedonais. Associando-se aos equipamentos, os pilares de madeira constituem fachadas abertas para equipamentos como o parque de estacionamento e esplanadas. No extremo do parque, como referência à toponímia de Olhão, uma torre em espiral permite observar a Ria Formosa.

Cliente: Polis Litoral Ria Formosa
Autoria: Marta Marques de Aguiar
Colaboração: Susana Costa
Paisagismo / Arranjos exteriores: Atelier da Bela Vista, Arq. Luís Guedes de Carvalho
Visualizações: Susana Costa

webdesign   rucativa